João de Borba

               Nascido em 22 de junho de 1926, desde muito cedo foi intimamente ligado ao mundo jurídico, tendo se graduado na Faculdade de Direito de Santa Catarina em 1950 e inscrito no Quadro de Advogados da OAB/SC em 1951. Advogou, ininterruptamente, até abril de 1967, na comarca de Blumenau e nas comarcas vizinhas, até que se afastou da advocacia por haver sido nomeado Desembargador pelo quinto constitucional. Tomou posse no Tribunal em 1967, lá permanecendo até julho de 1980. Quando se aposentou, reingressou na OAB/SC apenas em 1982, por entender que deveria permanecer, por dois anos, ausente da profissão de advogado, a fim de evitar constrangimentos. Fundou em Blumenau o conceituado escritório Advocacia Borba, onde teve a companhia dos filhos Jorge e Paulo Roberto, dando início a uma tradição familiar de opção pelo direito que hoje se estende aos netos.Durante sua carreira de magistrado foi Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (  de 1975 a 1978); Corregedor Geral , Vice-Presidente e Presidente do Tribunal de Justiça ( de 1978 a 1980). Entre as honrarias recebidas, destacam-se a Medalha João Baptista Bonnassis, outorgada pela OAB/SC; a Medalha de Mérito Associativo, da Associação dos Magistrados Catarinenses; e a medalha do Mérito Judiciário, no grau de Grande Mérito, pelo Tribunal Pleno.