José Roberto de Viana Guilhon

              Nasceu em São Luís do Maranhão e bacharelou-se pela Faculdade de Direito do Recife. Após breve passagem pela magistratura maranhense, mudou-se para Santa Catarina e aqui passou a judicar no ano de 1874, na comarca de São José e depois na Capital. Em 1891 tornou-se o primeiro presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, na época chamado Superior Tribunal de Justiça. José Roberto deu início a uma linhagem de magistrados que, geração a geração, vem atuando na Corte Catarinense. Desde Sálvio de Sá Gonzaga, seu genro, seus descendentes diretos e colaterais também chegaram ao Tribunal de Justiça: Ivo Guilhon Pereira de Mello, Hélio de Mello Mosimann, Ronaldo Moritz Martins da Silva e Paulo Henrique Moritz Martins da Silva. Seu bisneto, Paulo Gonzaga Martins da Silva, foi Secretário-Geral do Tribunal por quase 3 décadas. A imprensa desterrense do fim do século XIX escreveu sobre Vianna Guilhon: “Magistrado digníssimo, inteligência vigorosa e bem esclarecida, sempre gozou de excelente conceito em toda a parte por onde tem andado”.