Ricardo José da Rosa

Ricardo José da Rosa é o grande idealizador da Academia Catarinense de Letras Jurídicas, da qual é Diretor Financeiro. Dedicou sua vida profissional ao Direito do Trabalho tanto em relação à carreira, pois aposentou-se pelo Tribunal Regional do Trabalho, quanto na literatura jurídica. Escreveu diversos artigos de natureza jurídica publicados nos jornais da Casa da Cultura Jurídica, Diário Catarinense e Ltr como o artigo: De Prostituta a Rainha, em que critica a supervalorização da prova testemunhal pelos juízes do Trabalho e a obra Jurisprudência Trabalhista Catarinense Comentada. Fundador da Casa da Cultura Jurídica, presidiu com muita proficiência esta instituição responsável por importantes eventos jurídicos tratando de temas dos mais diversos ramos do Direito ministrados por especialistas reconhecidos nacionalmente. Atualmente é Vice-Presidente do IASC – Instituto dos Advogados de Santa Catarina, no qual atua ativamente coordenando Seminários, Mesas Redondas e Palestras sobre temas jurídicos. É o Diretor Jurídico da Associação dos Servidores na Justiça do Trabalho em Santa Catarina – AJUT. Está consagrado e é respeitado na comunidade pela sua condição especial de profícuo empreendedor da cultura jurídica.